Pessoa de segunda (samba)


Por que s s voc
quando a posso ter, Narciso?
O seu sorriso em minha mo.

Mas ao amanhecer
voc tu e, sem aviso,
mudas a conjugao.

BIS

Se eu fosse pessoa que desiste
assim o verso acabaria:

Aquela mo em que sorriste
sangra inteira e jaz fria.
Tu fizestes do meu dia
uma sexta-feira triste.

BIS

Mas sou de primeira, no se mete
Que te dou um p na bunda:

Lago vazante no reflete.
Verbo em terceira logo afunda.
Esse erro no se repete.
Tu s pessoa de segunda.

BIS